Loading

A grande narrativa começa agora!

Difícil expressar o momento mágico que atravessa o Motostory, apesar das adversidades e dos desafios. Tenho repetido que este trabalho tem sido, na maior parte do tempo, um vôo solo. Será?

Desistir NUNCA é uma opção… entendeu?

Um projeto que apareceu ao publico em 2015, no auge de uma das maiores crises da história deste país, mas que vem sendo trabalhado desde 2005 com muito carinho, dedicação e firmeza de propósito, mesmo diante de tantas dificuldades e limitações.

Como vocês podem ver mais abaixo, não tem sido um trabalho tão solitário assim. O dia a dia da pesquisa pode ser, em parte, mas decidi dar uma olhada para trás e ver quem já tinha estendido as mãos para nós em algum momento. Achei muita gente.

São dias, anos, coletando documentos, estudando, olhando, recuperando… um trabalho difícil e silencioso para, um dia, termos HISTÓRIAS para contar. Não é uma questão de clicks e views… para isso, antes, é preciso ter conteúdo verdadeiro, original, inédito… é preciso ter as histórias de pessoas e suas motos. Imagem de Ricardo Gizzi / Oi Nêga! Content / Motostory

Como o foco principal do nosso trabalho está em pessoas, antes mesmo de falarmos de suas motos, Motostory de pronto despertou o interesse de uma parcela da comunidade motociclistica.

Antes mesmo do lançamento público do Motostory as irmãs Virginia e Chaquê Ganatchian abriram as portas de seu apartamento, e nos trouxeram para a conversa o Sr. Kasuo Nozawa, um dos personagens mais importantes a comandar a Honda na época da grande depressão pela qual o mercado brasileiro passou na década de 90. Neste dia especial, Flavio Graná e Renzo Querzoli vieram emprestar seus talentos para registrarmos o encontro em vídeo. As irmãs Ganatchian fizeram mais… foram fundamentais para que estivéssemos na casa de Mitika e Massuo Murakami, casal profundamente ligado à história da própria Honda no Brasil. Neste dia especial, Ricardo Kasumi e Flavio Grana, mais uma vez, estavam lá conosco.

Aliás, o Flavinho e o Rafael Riskala também vieram ao escritório do Motostory para gravar uma enorme entrevista (ainda inédita) com Santo Feltrin.

Em 2016 fizemos parte das celebrações dos 40 anos da Abraciclo graças à influência de José Eduardo Gonsalves, Marcia Pontes e Marcos Fermanian, além de Sergio Duarte (SD&Press). Em 2017 recebemos a Mensão Honrosa no Premio Abraciclo de Jornalismo graças a eles também.

Mas, foram os pilotos de diferentes modalidades e seus familiares os primeiros a estenderem as mãos para nossa proposta. “Puxa! Você é louco… vai contar a minha história?? Toma aqui meus guardados, minhas fotos e documentos… as fotos do meu bisavô… do meu pai… toma aqui meu troféu mais precioso… pode levar!” Para nosso espanto, os primeiros que contatei nem piscaram em oferecer seus documentos pessoais mais preciosos, a história de suas carreiras ou de seus antepassados.

A lista é grande, felizmente, mas é preciso citar um por um neste momento: Santo Feltrin… o primeiro a ser abordado me entregou tudo, sem pestanejar… acreditou apenas na ideia de um trabalho e confiou… Alexandre Barros, que me recebeu em seu apartamento mais de uma vez e que nos cedeu um carro repleto de documentos de sua incrível trajetória; Antonio Jorge Neto (Netinho), seus guardados das corridas de carro e de moto e o troféu da vitória em Daytona 1983 (“Guarda com você para um dia colocarmos no Centro de Cultura de Duas Rodas Motostory desenhado pelo Ruy Ohtake.”);  O cara tem fé ou não? Denisio Casarini também me fez ir de carro buscar as pastas que retratam a sua vida de piloto e também a de seu grande amigo Walter Tucano Barchi; Edgardzinho Soares (o Neto), veio pessoalmente a Indaiatuba com a esposa e o filho recém nascido trazer o maravilhoso acervo sobre e a vida de seu avô, o mito Edgard Soares; Gustavo Ceccarelli  me apresentou sua tia avó Dedé Ceccarelli que em 2018 completa 100 anos de vida, e sua filha Bernadete, que guardaram as preciosidades da família (e as vidas de seus bisavô e avô Constante e Constante Junior), documentos centenários. Aos irmãos Luiz e Orlando Bezzi Pasquarelli, que nos presentearam com o acervo da família e que nos apresentaram o grande Franco Bezzi. Graças a eles, muito das origens do motociclismo paulista e brasileiro está registrado e guardado aqui no escritório. Inclusive os livros de atas do Santos Moto Club, fundado em 1932. Em nossa corrida contra o tempo, ainda conseguimos homenageá-lo no final do ano passado (https://motostory.com.br/pt/franco-bezzi-neto-nosso-muito-obrigado/) e gravá-lo no inicio deste ano (https://www.youtube.com/watch?v=PCeiMCfwISY&t=20s) pouco antes dele partir para se encontrar com o pai Luiz e outros grandes motociclistas brasileiros que já habitam olimpo das motos.

A lenda Milton Benite, piloto, preparador e chefe de equipe consagrado dedicou horas para estar conosco e nos cedeu todos os seu guardados. Jacinto Sarachu, outro grande piloto e preparador, veio mais de uma vez ao Brasil para nos encontrar e dividir suas memórias. Os Goianos Edmar Ferreira, que me confiou seus últimos arquivos, e Roberto Boettcher, o filho do “Paulistinha” Ervino… o trabalhador incansável Eric Granado, com quem tive o prazer de trabalhar, (além dos pais Rose e Marco). Jorge Negretti, Eduardo Saçaki, Nuno Narezzi, Othon Russo, Lucilio Baumer, Felipe Zanol, Gene Fireball, Cajuru, Gilson Scudeler, Massoud Nassar Neto, Rogerio NogueiraCesar Barros, Alvaro Cândido Filho (Paraguaio) e os Bernardi (Nivanor – in Memorian), Rafael e Alexandre, também já se juntaram ao projeto… só nos faltam braços para abraçar a todos… mas faremos… um por um… e todos mais que vierem.

Aos parceiros Dietmar Beinhauer e Guy Tilkens, vencedores das 24 horas do Brasil de 1976. Obrigado aos dois pelos guardados e pela surpreendente entrevista. (não percam… vocês vão descobrir coisas incríveis sobre a suspensão mono amortecida e sobre a BMW GS). Dietmar veio recentemente ao Brasil para conhecer o Motostory (mora na Alemanha e se aposentou da BMW 10 anos atras) e esteve em nosso escritório em Indaiatuba.

Quando começamos os Encontros Motostory fomos recebidos primeiro no Frangaria, pelo amigo Fernando Castanheira, depois no Bibi, com o Adolfo e em seguida o Johnnie Wash do amigo Ricardo Medrano. Em dezembro do ano passado, o LM09 do amigo Leandro Mello.

O ICGP do amigo Roberto Keller abriu suas portas para o Motostory e juntos pudemos realizar bonita homenagem em Goiânia, 2016. Juntos em 2018 de novo.

Ao Rômulo Filgueiras do Museu da Moto de Tiradentes. Ao Antonio Lopes, ao Junior e ao Orbio

Fornecedor parceiro e paciente como a Sig Visual do Shoji e do Lucio… poucos tem.

Dinno Benzatti e o Momento Moto, Marcio Viana do Moto.com.br, Ryo Harada e Sidney Levi e o Motonline… à revista Pro Moto do Renato Furmann e do André Ramos, assim como o Carlinhos Bitencourt, o Bitencas, sempre nos dando espaço, assim como o Motos Classicas 70 do Ricardo Pupo.

Quando lançamos o Motostory Collection, criação da talentosa Ligia Artioli da Red Flag, a Honda Remaza do Alexandre Zaninotto, capitaneada pelo Neto, nos recebeu de braços aberto, assim como a Kawasaki One, dos Denisios Casarini (pai e filho), o Rockers Self Garage do Alexandre, além da própria Feltrin Motos, (de novo o Santo e a Melina) novamente o primeiro a revender nossa criação.

Neste meio tempo apareceram também os Embaixadores Motostory, a Cinthia Mascotinha, o José Luis Gonçalves, o João da Light, a Maria Celeste Sarachu e o Marcelo Abelha, o surpreendente Wilson Yasuda e o maluco do Edson Lobo, fotografo e homem de marketing que me entregou toda a sua coleção de fotografias originais do final dos anos 60 e princípio dos anos 70. Coisa de louco.

Aos Tognocchi todos, começando pelo Mario e pela mãe Landa que nos cederam os guardados fabulosos do meu ídolo Gualtiero Tognocchi, ao genial piloto Paolo Tognocchi (criador da Fapinha Mini Veículos) aos seus filhos Giampaolo e Giuliana, e à esposa Leony, e a Giuliana Tognocchi, irmã de Paolo e Gualtiero, ela uma legítima representante do “Sexo Frágil o Escambau!” (Não percam).

Recentemente o contato surpresa de Andre Gaeta, filho do famoso Osmar da Formula G, que nos presenteou com

O Firmo Alves, presidente da CBM, criou a Comenda Carlão Coachman para homenagear não apenas o meu pai, como aqueles que fizeram e fazem pelo motociclismo brasileiro.

Lincoln Miranda Duarte, ex-presidente da entidade foi, de certa forma, o primeiro a incentivar o trabalho do Motostory ao homenagear o Carlão, ainda em 2004, pela introdução do Trial no Brasil. Foi naquela homenagem que nasceu a semente deste trabalho.

Celso Miranda é outro doido de pedra que abriu as portas de seu programa Supermotor no Bandsports para nossas ideias. Nossos ídolos, em entrevistas exclusivas, muitas delas absolutamente inéditas, passaram pelo seu programa em Co-Produção com o Motostory.

Renato GaetaClaudio Teixeira, Mauro Faucon… juntos, sempre e pra sempre.

Justiniano Proença e ao Veteran Motorcycle Club do Brasil, PNT-TT do Tiago Songa e da turma de loucos que o acompanha, Vinicius Caires, Jairo Porfirio, os Rodrigos Aragão, Valdivia Juracic e Gomes, Eric Fernandes e a inigualável Katia. O louco do Marcio Lupeti da Old Cycle.

Os fotógrafos e parceiros Wel Calandria (Classic Riders Brasil), Haroldo Nogueira (Anuário Off Road), Miguel Costa Junior, Chris Fabbri e Luciano Sampaio (Sampa Fotos), sempre estiveram por perto, assim como Mario Bock e Caio Mattos.

Obrigado João Mendes, do Memoria Motor (Bike Show também), pela ajuda sempre que pedimos.

Plinio Okamoto, cumpadi, e seus pitacos na hora de criarmos nosso site (este mesmo que você está lendo.)

Isabel Reis e a equipe comandada pelo Gabriel Berardi abriram novamente as portas da Revista Motociclismo para o Motostory que, desde a edição de junho de 2017, publica matérias originais, além de cederem uma pagina de anuncio como parte de nosso acordo de trabalho, onde podemos expor nosso apoiadores. Valeu Renato Vieira e PC pelo apoio enquanto estiveram lá.

Isso nos leva àqueles que, em algum momento, apostaram seu dinheiro em nosso projeto. Uma unica vez ou por anos, cada colaboração fez diferença e nos trouxe até aqui: Curtlo, do Fernando Gentileza, A Casa Fernandes do Sr. Eduardo e do amigo Fredy Tejada, A Bieffe do Oswaldo e do Rubens, a Mormaii, do Leo Dias, a America Sports do Rochinha e do Nelsinho, a Indian, do Rodrigo Lourenço e do Paulinho (Laner Azevedo, obrigado pela força quando estava lá). Ao Marcelo Peixoto da TEC Moto, a Nacar do Gadó e do Mamão e ao Marcelo Caetano da Tutto. A todos vocês, espero estarmos juntos novamente em breve.

Um agradecimento especial à Cobreq, que esteve conosco por quase três anos durante e gestão de Marcoabel Moreira, Marcelo Sanches e Everton de Mello.

Aos heróis da resistência da Riffel (Junior, Charles, André – não mais na equipe, ao Fabian, Jociane e ao primeiro a responder o meu contato, o Amarildo) nosso muito obrigado. Estamos no terceiro ano de parceria… sem palavras.

Ao amigo Alemão Pneus (Gregory Douglas), juntos para sempre. Costumo dizer que, se cabe para o Alemão… cabe para todo mundo… é só ter vontade.

Novos horizontes:

Aos novos parceiros da produção (sangue novo, novas ideias, novas abordagens), que bom que vocês chegaram… mas esta é uma apresentação futura, em outra matéria, jajá… em breve…

 

Ela aparece pouco publicamente, mas não fosse a crença que ela tem em mim e no meu trabalho… nada disso seria possível. Vocês nem imaginam o quanto. Obrigado Karla Coachman! Foto Wel Calandria – Classic Riders Brasil

 

E finalmente, um OBRIGADO com letras maiúsculas à minha parceira na vida… Karla Coachman, sem você nada disso seria possível… mesmo! (aos filhotes que aturam as motices do pai – curtem também… muito obrigado)

Ufa!!! Próximo!

P.S.: Se faltou alguém (espero que não), grita que eu me redimo!!!!

 

 

6 comments

  1. Parabéns pelo lindo e apaixonante trabalho. Fiquei muito feliz em te reencontrar neste caminho e estarei sempre à disposição para apoiá-lo na sua história contando a história de tantos onde eu já fiz, uma pequenina mas muito feliz, parte. Um forte abraço

    1. Obrigado Luis… nossos anos juntos no Trial foram inesquecíveis… espero ainda poder ter você cada vez mais perto do Motostory.

Leave a Reply